Foram as dores que o mataram

Listando Histórias
Foram as dores que o mataram
/

Você vai ouvir um dos textos mais difíceis que já li na vida!

Não que alguma das trinta e cinco pequenas histórias que compõe a coletânea de contos e crônicas Mornas eram as noites (ainda sem uma edição brasileira) da autora cabo-verdiana Dina Salústio seja de leitura suave como sugere o título. Na verdade, nem mesmo o título é o que parece: morna é como são chamadas as músicas de um ritmado lento, cantada por mulheres que se tornou símbolo de Cabo Verde.

E entre os textos líricos com temas nada palatáveis como exploração sexual infantil, violência e machismo, encontramos “Foram as dores que o mataram”, uma escrita forte, criada em Cabo-Verde, mas que poderia ter sido escrito em qualquer lugar do Brasil. Nele lemos toda a dor do resultado de uma violenta convivência doméstica entre uma esposa e seu agressor.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social profiles